EM DESTAQUE

  • RUA ARAÚJO….É hora de ir a putaria. Conto de Eduardo Quive
  • FESTIVAL INTERNACIONAL SHOWESIA – levando a mensagem sobre a Paz no Mundo através da arte
  • VALE A PENA GASTAR 111 MILHÕES USD PARA ALTERAR A LÍNGUA?
  • Feira do Livro da Minerva Central na 76ª Edição em Maputo”.
  • SEGUIDORES

    LEIA AQUI A EDIÇÃO 51

    Pub

    Tarde de Sol

    Goldfield*

    Tarde ensolarada
    Ilumina minha casa
    Eu sentado na calçada
    Feito pássaro sem asa 

    Vejo um ônibus passar
    Ele segue apressado
    Dia segue sem cessar
    Você nunca ao meu lado

    Tarde de incerteza
    Amor não correspondido
    Dia segue com destreza

    Tarde de beleza
    Sol extrovertido
    Diminui minha tristeza 


    ______________________________________________ 
    Goldfield – Pseudónimo de Luiz Fabrício de Oliveira Mendes.

    1 comentários:

    eu sentado na calcada deste poema feito as asas deste passaro engaiolado no meu universo poetico,bem haja,Amosse Mucavele

    Publicar um comentário

    Pub

    AS MAIS LIDAS DA SEMANA

    Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More