EM DESTAQUE

  • RUA ARAÚJO….É hora de ir a putaria. Conto de Eduardo Quive
  • FESTIVAL INTERNACIONAL SHOWESIA – levando a mensagem sobre a Paz no Mundo através da arte
  • VALE A PENA GASTAR 111 MILHÕES USD PARA ALTERAR A LÍNGUA?
  • Feira do Livro da Minerva Central na 76ª Edição em Maputo”.
  • SEGUIDORES

    LEIA AQUI A EDIÇÃO 51

    Pub

    Condição

    Pedro Du Bois - Itapema - Brasil

    Alimento-me da incerteza em que perduro
    químicas reações desencadeadas
    pelo medo. Medro minha condição
    de máquina humanizada em espaços
    no branco esforço de me fazer
    em traços de concretude: iludo-me
    em forças inexistentes.

    2 comentários:

    Grato, companheiros, por mais esse destaque. Abraços, Pedro.

    O poema esta belo com as suas palavras, fazem no uma lúdica viagem intra espacial de curta duração. Abraços

    Publicar um comentário

    Pub

    AS MAIS LIDAS DA SEMANA

    Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More